Pub é roubado e cão de guarda acaba no olho da rua


Nos últimos 12 anos, Taz fez um trabalho muito eficiente ao ficar atento a possíveis invasores do pub Dartmouth Arms, em Devon, no sudoeste da Inglaterra . No último domingo (11/04/2010), larápios fizeram a rapa no bar: levaram centenas de garrafas de bebida, toda a grana do caixa, enquanto o cão dormia, tranquilo, no salão. Nem notou a presença dos ladrões. Quando chegou ao lugar o dono Mark Keel, de 41, não teve dúvidas: culpou o bicho pelo roubo. E demitiu o cachorro – por justa causa.

 

Ou injusta, como andam dizendo em Devon. O povo considera a demissão injusta. Tem gente que jura: vai entrar na justiça do trabalho contra a decisão de Keel.

- Preferi aposentar o Taz, já que ele está meio velhinho, cego e dorminhoco. Ele deveria ter latido na hora do assalto e assustado os criminosos, reclama o proprietário do pub e ex-chefe do doberman.

Ciente de que vai receber muitas reclamações da freguesia por causa do corte de Taz, Keel já está se defendendo:

- Ele sempre foi um cão esperto. Funcionava como um alarme e botava pra correr quem entrasse no pub, diz Keel, que mora numa apartamento dois pisos abaixo do bar.

Para entrar no pub, os assaltantes forçaram uma janela. Além das bebidas e do caixa, levaram até uma lata com moedas para a caridade – continha 40 libras (R$ 108) -, um iPod e uma máquina de lavar louça.

A polícia está investigando o caso e procura pelos ladrões.

 

Fonte: R7